Consumo de energia elétrica de um liquidificador

Hoje vamos falar sobre consumo de energia elétrica. Sabemos que nos últimos anos as contas sofreram muitos aumentos e que as pessoas estão cada vez mais enroscadas quando o assunto é o consumo de energia elétrica.

Vamos falar aqui, neste artigo, sobre o consumo de energia elétrica de um liquidificador e como a coelba 2 via cpf pode te ajudar a controlar esses gastos.

Você controla seu consumo de energia?

A pergunta que eu sempre faço é: você sabe me dizer quanto gastou de energia no mês passado? Algumas pessoas conseguem me dizer qual foi o valor que pagaram em suas contas de luz, mas nunca qual foi seu consumo.

Você já parou para olhar seu consumo de energia durante os meses do ano? Faça um levantamento das suas últimas 12 contas que você saberá se está ou não exagerando no consumo de luz, ok? Faça isso pelo seu bolso e pelo meio ambiente.

Quanto gasta um liquidificador?

Você já parou para se perguntar, quanto você gasta de energia elétrica para fazer uma vitamina na sua casa? Será que vale mais a pena você mexer o copo ou será que vale a pena você usar o liquidificador?

Com a ajuda deste aparelhinho, chamado wattímetro, nós medimos, a força, entre aspas do liquidificador, e chegamos ao cálculo que: cada vez que você usa o liquidificador, em média, 15 segundos, você gastaria, 1 centavo, no valor de energia, dependendo da região do Brasil, mas em média 1 centavo, vamos arredondar.

Então se você usa o liquidificador 3 vezes por dia, ou 4 ou 5, sei lá quantas vezes você usa na sua casa, multiplique por 30 e vai dar quase 1 real por mês. Então é bem baratinho para a quantidade de trabalho que ele faz. É…

Só que também surgiram algumas dúvidas, tem até um mito muito interessante…Será que quando a gente coloca alguma coisa mais pesada dentro do liquidificador, ele gasta mais energia elétrica? Será que isso acontece?

Eu já vi muita gente falar que sim, que força mais o motor. Mas será que no bolso, isso faz mais diferença? Será que triturar gelo é mais difícil do que fazer um pão? Fazer alguma coisa mais….

Com ajuda do wattímetro, nós vamos bater o liquidificador sem nada dentro, e depois nós vamos adicionar água e farinha. Para dar aquela massa pesada mesmo.

Para ver se realmente vai continuar gastando o que ele daria a seco. Liga ai o liquidificador. Tá no máximo? Bote no máximo! Ele gastou 159 watts.

Então esta é a potência dele sem nada no copo: 159w. Ao adicionar farinha e a água e um pouquinho de farinha a potência dele sobe para 300 watts.

Então realmente o mito está confirmado. Realmente o mito está confirmado da pior maneira. Quanto mais trabalho. Quanto mais trabalho mais ele gasta. Então é Verdade!

Quando você coloca alguma coisa mais resistente dentro do liquidificador ele vai gastar quase, quer dizer… ele foi para 320 na hora que eu olhei… é mais que o dobro, então, se você fosse gastar 1 real, você vai gastar 2 reais por mês para poder utilizar esse eletrodoméstico.

Vale muito a pena porque o trabalho que ele faz, não tem nem comparação de você ir lá e bater a massa na mão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *